Home / Artigo / Automóvel rende quase dez mil milhões em impostos
Automóvel rende quase dez mil milhões em impostos
10 Mai, 2019

Já se sabe que os automóveis são uma fonte de receita fiscal importante para os estados e as mais recentes contas da Associação dos Construtores Europeus de Automóvel (ACEA) comprovam-no. Em Portugal, o setor rendeu às finanças 9,9 mil milhões de euros em impostos em 2018.

A associação indica que, no total, o grupo de 14 estados-membros da União Europeia analisado arrecadou do setor 428 mil milhões de euros no ano passado, mais 3,5% do que em 2017. O valor do ano passado representa “mais de duas vezes e meia o orçamento total da UE”, de acordo com a ACEA.

No topo da lista dos 14 países está a Alemanha (com um total de 92 mil milhões de euros), seguida da França (79 mil milhões de euros) e da Itália (74,4 mil milhões de euros), países onde o setor tem mais representatividade.

Nesta lista da ACEA, Portugal fica em nono lugar quanto ao total de impostos arrecadados.

Dos 9,9 mil milhões de euros pagos pelos automóveis no nosso país, grande parte (4,2 mil milhões de euros) corresponde ao IVA aplicado à venda, manutenção, reparação e peças de veículos.

Acrescem outros impostos sobre combustíveis e lubrificantes (3,2 mil milhões de euros), vendas e registos (800 mil euros), impostos anuais de propriedade (600 mil euros) e outros (1,1 mil milhões de euros).

Tags: 
ACEA
Fiscalidade
União Europeia

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest