Home / Artigo / Universidade de Aveiro desenvolve capa de volante que alerta para sinais de fadiga
Universidade de Aveiro desenvolve capa de volante que alerta para sinais de fadiga
13 Mai, 2019

Está demasiado cansado para conduzir? Uma capa de volante desenvolvida na Universidade de Aveiro (UA) pode alertá-lo para descansar um pouco e prevenir males maiores.

A capa foi desenvolvida por uma equipa de investigadores do CICECO – Instituto de Materiais de Aveiro (uma das unidades de investigação das UA).

Os sensores acoplados na capa registam a condutividade elétrica da pele, uma propriedade que funciona como um indicador do estado psicológico e fisiológico dos indivíduos, permitindo identificar alterações na condutividade e relacioná-las com padrões de comportamento humano.

Havendo cansaço, o sistema envia por bluetooth um alerta para o telemóvel ou smartwatch do condutor.

A investigadora Helena Alves admite que, no futuro, possa ser possível “convergir para cenários em que o sistema está ligado diretamente ao veículo e é o próprio computador de bordo a apresentar as notificações ou a alterar o comportamento do mesmo”.

Cerca de 20 por cento dos acidentes rodoviários têm origem no cansaço do condutor.

Tags: 
Segurança
Universidade
Universidade Aveiro

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel