Home / Artigo / Carregamento de elétricos pago a partir de julho
Carregamento de elétricos pago a partir de julho
01 Jun, 2020

Os carregamentos de automóveis elétricos passam a ser pagos em todos os tipos de carregador a partir de 1 de julho. Juntam-se aos rápidos e aos situados em espaços privados.

Os postos de carregamento rápido e os carregadores localizados em espaços privados já tinham iniciado a cobrança deste serviço a 1 de novembro de 2018 e 1 de abril de 2019, respetivamente. AMobi.e anuncia agora igual procedimento para os postos de carregamento normal de acesso público.

O mapa de postos está disponível para utilizadores registado no site da Mobi.e. De notar que também a Associação UVE – Utilizadores de Veículos Elétricos disponibiliza um mapa útil com os postos existentes, em instalação e planeados em Portugal.

Cartão necessário

No sentido de terem acesso a todos os postos de carregamento, os utilizadores “terão obrigatoriamente de ter um cartão de acesso à rede de mobilidade elétrica emitido por um dos Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME), uma vez que, com o fim da gratuidade nos carregamentos, deixará de ser possível utilizar os cartões emitidos pela Mobi.e”.

Não são ainda conhecidos os vencedores do concurso, lançado a 27 de dezembro último, para a concessão da rede de postos de carregamento normal para veículos elétricos da Mobi.e. O concurso abrange a totalidade dos 643 postos existentes da Mobi.e, os quais foram agrupados em 11 lotes com aproximadamente 60 postos cada. A concessão será válida por 10 anos.

Partilhar em:
Tags: 
Carregamento elétrico
Carregamentos
Elétricos
Mobi.e

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel