Home / Artigo / Citroën ë-Jumpy na segunda metade de 2020
Citroën ë-Jumpy na segunda metade de 2020
26 Mai, 2020

A versão elétrica do furgão Citroën Jumpy está pronta e chega ao mercado nacional no segundo semestre do ano.

No seguimento do C5 Aircross SUV Hybrid e do Ami, a marca francesa prossegue, com o ë-Jumpy, a ofensiva de eletrificação da gama, que resultará no lançamento de seis modelos (de mercadorias e de passageiros) eletrificados este ano. O novo furgão será acompanhado por versões 100% elétricas do Jumper, no final de 2020, e do Berlingo Van, no próximo ano. Deste modo, a partir de 2021, a totalidade da gama de comerciais Citroën contará com uma oferta elétrica em complemento de motores térmicos.

330 km de autonomia

Com 100 kW (136 cv) e 260 Nm de binário no sistema de propulsão elétrica, o Citroën ë-Jumpy tem a velocidade máxima limitada de forma eletrónica a 130 km/h. O modelo permite optar entre duas baterias de iões de lítio, com 75 kWh (oferece até 330 km de autonomia WLTP) ou 50 kWh (até 230 km de autonomia WLTP), ambas com garantia de oito anos ou 160 mil km. As baterias são formadas por 27 (75 kWh) e 18 (50 kWh) módulos.

30 min para carregar 80%

A Citroën ë-Jumpy está preparada para várias opções de carregamento da bateria, seja com um cabo de carregamento ligado a uma tomada doméstica, através de wallbox ou num posto de carregamento rápido. Neste último caso, num posto de carregamento público de 100 kW DC, o carregamento da bateria de 50 kWh até um patamar de 80% leva cerca de 30 minutos (45 minutos se bateria de 75 kWh).

Na mesma plataforma do grupo PSA

Assim como os furgões “gémeos” Peugeot Expert e Opel Vivaro, o Citroën ë-Jumpy assenta na plataforma EMP2 do grupo PSA. Esta plataforma permite que a bateria seja alojada no chassis do veículo para preservar o volume de carga útil. O furgão poderá ser configurado com várias opções de carroçaria, incluindo cabine dupla, chassis-cabine e transporte de passageiros, com carga útil de até 1 275 kg e peso bruto entre 2 800 e 3 100 kg.

Três comprimentos possíveis

O modelo está disponível em três comprimentos, entre os quais a nova versão XS de 4,60m que facilita o acesso aos centros urbanos, especialmente às zonas de baixas emissões, e permite estacionar sem restrições. Este comprimento, associado a um volume que pode atingir 5,1 m3. À versão XS (proposta apenas com bateria de 50 kWh) juntam-se as M (4,95 m) e XL (5,30 m) que têm capacidades máximas de carga de 5,8 e 6,6 m3, respetivamente (estas duas versões podem ser encomendadas com bateria de 50 kWh ou 75 kWh).

Partilhar em:
Tags: 
Citroen
ë-Jumpy
Elétricos
Eletrificação
Veículos elétricos

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel