Home / Artigo / Quarta geração Seat Leon chega no segundo trimestre
Quarta geração Seat Leon chega no segundo trimestre
17 Fev, 2020

O Seat Leon, um dos mais importantes modelos da marca espanhola do grupo Volkswagen, já foi revelado. A quarta geração do modelo do segmento C tem lançamento nos vários mercados europeus agendado para o segundo trimestre do ano.

As gerações anteriores do Leon venderam 2,2 milhões de unidades e assumiram-se como um pilar da Seat, que, até por isso, investiu 1,1 mil milhões de euros no desenvolvimento do no Leon.

Na estética, seguindo uma tendência do grupo e do setor, o novo Leon não é revolucionário. Destacam-se as formas vincadas típicas da Seat e, no interior, reina a simplicidade, com o protagonismo a ser assumido pelo ecrã de infotainment de dez polegadas.

O modelo, que assenta na plataforma MQB Evo, tem, de acordo com a Seat, dimensões mais proporcionais e uma melhor aerodinâmica que lhe permitiu baixar o coeficiente de arrasto em 8% face ao antecessor.

A variante de cinco portas tem 4368 mm de comprimento (+86 mm), 1800 mm de largura (-16mm) e 1456 mm de altura (-3mm). Por seu lado, a distância entre eixos tem agora 2686 mm, mais 50mm face à geração anterior. a bagageira, essa mantém-se nos 380 litros.

Já a versão Sportstourer (carrinha) tem 4642 mm de comprimento (+93 mm), a mesma largura que a berlina e 1,448 mm de altura (-3 mm). A mala oferece mais 30 litros do que antes, totalizando 617.

 

Vários tipos de motorização

Debaixo do capot, fruto dos tempos, o novo Seat Leon tem opções para quase todos os gostos, desde os motores a combustão TSI (gasolina) e TDI (diesel), passando pelo gás natural comprimido (TGI), mild-hybrid (eTSI) e híbrido plug-in (eHybrid).

A gasolina haverá três opções. Uma 1.0 TSI de três cilindros (usada pelo primeira vez no modelo) com 90 ou 110 cv, uma 1.5 TSI de 130 ou 150 cv e uma 2.0 TSI com 190 cv. No diesel, será proposto o 2.0 TDI com potências de 115 cv a 150 cv.

No que se refere ao gás natural, o 1.5 TGI com 130 cv será a opção. Dentro da gama sTSI (mild hybrid), a escolha recairá no 1.0 TSI de 110 cv e no 1.5 TSI de 150 cv, (ambos propostos apenas com a caixa automática DSG).

Quanto ao híbrido plug-in, terá um 1.4 TSI combinado com uma unidade elétrica e um pack de baterias de iões de lítio de 13 kWh, com uma potência combinada de 204 cv. A autonomia em modo 100% elétrico ascende a 60 km.

 

Tags: 
Novidades automóveis
Seat Leon
Volkswagen

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest