Home / Artigo / Smart Fortwo e Forfour sob o signo da eletricidade
Smart Fortwo e Forfour sob o signo da eletricidade
21 Fev, 2020

Promessa cumprida. A Smart entrou em 2020 como o primeiro construtor generalista a deixar de ter motores a combustão, eletrificando a gama, composta por Fortwo (dois lugares) e Forfour (quatro lugares).

Os modelos foram alvo de restyling e renovados em termos digitais. Passaram, além disso, a assumir, também, a submarca EQ, com que a “irmã” maior na Daimler, a Mercedes, batiza os seus automóveis elétricos.

Têm, agora, conectividade inteligente e novas cadeias cinemáticas elétricas a bateria. Os renovados Smart EQ Fortwo (Coupé e Cabrio) e Forfour estão equipados com uma bateria de 17,6 kWh, suficiente para um a autonomia de 135 km (WLTP).

A Smart oferece um conceito abrangente de recarga para os seus novos modelos elétricos. Com um carregador opcional de 22 kW com função de carregamento rápido, podem ser carregados de 10% a 80% em menos de 40 minutos.

No que se refere, o Smart Forfour custa 23 745 euros e o Fortwo 22 845 euros na versão Coupé e 26 395 euros, na variante Cabrio.

Tags: 
Automóveis
Eletrificação
Smart
Smart Forfour
Smart Fortwo

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest