Home / Artigo / TCO: Elétricos e híbridos plug-in já “batem” diesel em alguns segmentos
TCO: Elétricos e híbridos plug-in já “batem” diesel em alguns segmentos
29 Jul, 2019

Se há uns anos o diesel era quase um exclusivo na altura de ver qual o melhor custo total de propriedade (TCO), essa realidade começa a mudar aos poucos. E os elétricos e híbridos plug-in também já estão na “luta”, de acordo com uma análise da LeasePlan.

Seja em motores a gasolina, para os segmentos utilitário e pequeno familiar (em quilometragem abaixo de 20 mil km por ano), ou em alternativas elétricas (100 elétricos ou híbridos plug-in), para os demais segmentos, que mantêm a competitividade por força das vantagens fiscais que beneficiam, o gasóleo já é minoritário em segmentos e utilizações em que é a melhor opção em termos de TCO.

Com efeito, para quase metade dos segmentos, as empresas podem mudar para uma opção de veículo com baixas emissões. Os 100% elétricos são os mais competitivos para pequenos familiares que percorram entre 20 mil e 40 mil km por ano e os híbridos plug-in lideram em quase todas as quilometragens anuais nos familiares médios premium e nos grandes familiares.

Em termos de combustão, os modelos a gasolina conseguem, sobretudo, ser competitivos nos modelos mais pequenos e quilometragens de até 15 mil km por ano. A exceção vai para os pequenos familiares premium em que a gasolina é, de acordo com a análise, a melhor opção em termos de TCO para utilizações de até 30 mil km por ano.

Quanto ao diesel, continua a ser rei e senhor nos modelos mais pequenos (aqui só para quilometragens acima de 20 mil km por ano) e nos pequenos furgões (neste caso em todas as utilizações-tipo).

Tags: 
Elétricos
PHEV
TCO

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest