Home / Artigo / Covid-19: oficinas com higienização rigorosa
Covid-19: oficinas com higienização rigorosa
13 Mai, 2020

No atual período de pandemia, as oficinas estão a funcionar mediante um protocolo capaz de garantir segurança aos clientes como aos seus colaboradores.

Se tiver de levar o seu automóvel a uma oficina, o mais provável é que venha a deparar-se com medidas de segurança para prevenção do Covid-19, que até agora nunca tinha visto. É verdade e o processo permite que o veículo seja higienizado e desinfetado. Mandam as regras que o cliente seja convidado a deixar o automóvel à entrada da oficina, havendo distância de dois metros e barreiras físicas com o rececionista. Depois, são colocados plásticos no banco do condutor por um operador com as mãos devidamente higienizadas. Esse operador limpa, de seguida, com álcool a 70% ou outro desinfetante aprovado pela DGS (conformes à norma EN 14476, ou seja, eficazes à eliminação do vírus), os comandos mais usados, como tablier o volante, a manete da caixa de velocidades, o travão de mão e, entre outros, os comutadores de luzes e “piscas”. Uma vez feita essa limpeza, são colocados plásticos no volante, travão de mão e seletor de velocidade e o serviço é efetuado.

Após a intervenção mecânica, o veículo é colocado no ponto onde será entregue ao cliente e volta a haver desinfeção dos componentes antes higienizados do veículo e são retirados os plásticos (com nova desinfeção de volante, travão de mão e manete da caixa de velocidades). Só então é que a viatura estará pronta para lhe ser entregue.

Máquinas de ozono dão ajuda adicional

Em complemento à higienização “física”, pode ter lugar uma limpeza com máquinas de ozono. Há estudos que indicam que o coronavírus não resiste ao ozono, tal como outros vírus da mesma família – como o SARS e o MERS. Um sistema portátil que transforma o oxigénio (O2) no habitáculo do veículo em ozono (O3) permite eliminar bactérias, ácaros, vírus e micróbios em poucos minutos.

A Seat Portugal é uma das marcas que está a apostar nesta tecnologia. O importador da marca espanhola do grupo Volkswagen sustenta que esta permite desinfetar o veículo, eliminando também todo o tipo de odores, sem a utilização de químicos. “Temos muito orgulho em estar a implementar em tempo recorde uma solução eficaz graças à rápida adesão da nossa rede Seat Service, que disponibilizamos gratuitamente aos nossos clientes entre junho e agosto. Após uma vasta pesquisa e análise pelos vários equipamentos existentes no mercado, selecionámos um gerador fabricado na Europa, que detém todo o tipo de certificações ISO e UNE de que necessitamos. Este equipamento garante uma produção de 5g de ozono por hora, permitindo desinfetar por completo um automóvel de dimensões médias em apenas quatro minutos”, afirmou Eduardo Urbina Martin, Diretor de pós-venda da Seat Portugal.

Partilhar em:
Tags: 
COVID-19
desinfeção
higienização
oficinas

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel