Home / Artigo / Comece a reduzir – hoje mesmo – o impacto da crise do Covid-19 na sua frota
Comece a reduzir – hoje mesmo – o impacto da crise do Covid-19 na sua frota
13 Abr, 2020

Em estado de emergência e com as notícias que nos chegam a todo o instante, ninguém tem dúvidas de que estamos a viver um momento absolutamente crítico para as nossas vidas e para a saúde da economia.

À medida que a propagação do Covid-19 evolui, os governos vão avançando medidas para atenuar o impacto desta crise, que afeta pessoas, empresas e ativos comerciais, como são os veículos de frota. Todos temos um papel importante a desempenhar e isso será importante para conseguirmos superar as próximas semanas e meses com sucesso. E, enquanto gestor de frota, pode começar a fazer a sua parte. Pode, por exemplo, começar a tomar medidas que serão decisivas para reduzir o impacto da previsível desaceleração económica que aí vem – tanto na sua organização como na sociedade em geral. Em concreto, há duas medidas que pode implementar desde já:

 

Estenda os contratos em vez de os renovar

A cada ano, a maioria das empresas renova cerca de um quarto a um terço da sua frota. Todas as entregas de veículos novos implicam a vinculação a um contrato de renting para os próximos três a quatro anos. Como se percebe, neste momento, é difícil perspectivar um período tão longo de tempo. Por isso, avalie os veículos que estão em processo de renovação e decida se pode estender os contratos de renting existentes em vez de avançar para veículos novos.

Isto pode gerar uma economia de custos imediata e, talvez mais importante, oferecer uma maior flexibilidade para entrar rapidamente em ação, logo que os negócios voltarem a funcionar.

 

Defina prioridades no plano de manutenção da frota

O surto do vírus Covid-19 causou problemas em toda a cadeia de abastecimento de peças no setor automóvel. Além disso, para limitar a propagação do vírus, a maioria dos centros de assistência técnica está a funcionar com uma capacidade muito reduzida.

Assim, nesta fase, concentre-se apenas em reparações que considere críticas e nas inspeções exigidas por lei. Alterar para nova data as intervenções de assistência não essenciais, assim como pequenas ‘reparações cosméticas’, permitirá que os recursos de manutenção de veículos disponíveis sejam direcionados para onde são mais necessários.

Essa medida é menos drástica do que pode parecer à primeira vista. Afinal, como parte da resposta ao Covid-19, muitas empresas aconselham os funcionários a ficar em casa e a evitar viagens não essenciais. Escusado será dizer que isso significa menos desgaste dos veículos em renting e, consequentemente, uma necessidade de
manutenções menos frequente.


A LeasePlan está a fazer a sua parte

Com mais de 55 anos de experiência e 1,9 milhões de veículos sob a sua gestão – em mais de 30 países -, a LeasePlan é um parceiro de confiança para inúmeros clientes em todo o mundo. A segurança e a continuidade dos negócios estão entre as nossas principais prioridades.

Como parte do nosso plano integrado de resposta à crise do Covid-19, estamos a acompanhar em permanência as regulamentações governamentais, a disponibilidade de peças de reposição e o fornecimento de veículos novos. Estamos atentos às mudanças que possam acontecer, para continuarmos a garantir a maior mobilidade possível dos nossos clientes.

A nossa equipa de especialistas tem as competências certas e a experiência necessária para lidar com os desafios desta moderna mobilidade em que vivemos. Estamos, portanto, em condições de o apoiar com o aconselhamento técnico que se impõe e de lhe oferecer soluções adequadas às necessidades de mobilidade da sua organização. Entre em contato e conte conosco para o apoiar.

Partilhar em:
Tags: 
COVID-19
crise
Frota
frota automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel