Home / Artigo / Consumos: a próxima preocupação na escolha de elétricos
Consumos: a próxima preocupação na escolha de elétricos
27 Ago, 2019

Há vários fatores a ter em conta na escolha de um veículo elétrico. Se a autonomia e os tempos de carregamento (consoante o tipo de carregador disponível) já são tidos em conta pelos potenciais clientes, há um fator ainda esquecido, mas que “promete” ganhar importância: os consumos.

Nos veículos a combustão os consumos são, há muito, um dos principais fatores de decisão, nos veículos elétricos essa não é, para já, uma preocupação. As próprias marcas ainda não comunicam esses valores de forma constante (ou de forma alguma, em certos casos).

No que toca a veículos com motor a gasolina e diesel, o peso, a aerodinâmica e o desenvolvimento tecnológico são fatores importantes para o melhor desempenho em termos de consumos. É, porém, a potência do motor que mais influencia o consumo. Sem surpresa, modelos de marcas como a Tesla ou a Jaguar tendem a consumir mais do que os de marcas generalistas.

Se num veículo a combustão, não comparamos de forma direta os consumos de um pequeno utilitário com os de um desportivo, não devemos fazê-lo nos veículos elétricos.

 

Consumos médios arrancam no 12,2 kWh/100 km

Um teste recente, levado a cabo pela Autobest – a organização de jornalistas que promove o Carro do Ano europeu – e pelo portal espanhol Coches.net, testou dez dos modelos de veículos elétricos mais vendidos. A conclusão foi, precisamente, na linha do que indicámos antes e os modelos de menor dimensão e potência demonstraram consumos menores.

No limite inferior ficaram Hyundai IONIQ Electric (motor de 28 kWh) e Volkswagen e-Golf (35,8 kWh), respetivamente com consumos médios de 12,2 kWh/100 km e 12,4 Kwh/100 km. Já no topo da tabela “caíram” os veículos mais potentes em análise, como o Jaguar I-PACE (90 kWh) e os Tesla Model X 100D (100 Kwh) e Model S 100D (100 Kwh), que concluíram os testes com consumos de 27,5 kWh/100 km, 23,4 kWh/100 km e 20,6 kWh/100 km. Outros modelos populares como o Renault ZOE (41 kWh), Nissan LEAF (40 kWh) e BMW i3 (33,3 kWh) registaram consumos entre 12,4 e 16,3 kWh/100 km.

“Traduzido” para custos (a uma média de 0,2 euros por Kw), os preços inferiores por cada 100 km são de 2,44 euros no IONIQ Electric e 2,48 euros no e-Golf. Os mais elevados são os de Model X (4,68 euros) e I-PACE (5,5 euros).

De notar que os testes foram realizados na região de Barcelona, com tempo quente. No inverno, sobretudo no norte da Europa, os consumos poderiam ser superiores.

Tags: 
Consumo
Eletrificação
Veículos elétricos

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest