Home / Artigo / Comer melhor em tempo de quarentena
Comer melhor em tempo de quarentena
24 Abr, 2020

Fast food a mais, refeições fora de horas, litros de refrigerantes, snacks, bolachas e doces ao longo do dia… Pois é, neste período de confinamento social estes maus hábitos alimentares têm tomado conta de muitas famílias. Se é o seu caso, comece hoje mesmo a inverter esta tendência. Uma alimentação equilibrada é fundamental para manter o sistema imunitário fortalecido, aspecto muito relevante em contexto de uma pandemia, como a do Covid-19. E já agora, envolva toda família no processo.

1. Despensa variada
Batatas, feijão, tomate…Se compra sempre os mesmos ingredientes vai acabar por limitar o menu da sua família. Para ter uma alimentação equilibrada, é preciso variar nos ingredientes. A próxima vez que for às compras, ponha no carrinho espinafres, maçãs, brócolos ou outros legumes e frutas que não costuma trazer. E não é preciso começar a pensar numa receita em especial. Este tipo de ingredientes são muito versáteis. E quanto a carne? Compra sempre frango? E nos peixes? É sempre salmão?

2. Um ingrediente, várias opções
Para facilitar sua vida na cozinha, pense um pouco no que poderá confeccionar com apenas um ingrediente. Por exemplo, a carne picada pode servir para refogar com legumes, para usar em molhos para esparguete, almôndegas, hambúrguers, etc. Compre uma quantidade que dê para todas estas opções, prepare, congele…. e ganhe tempo para si.

3. Congelador: o seu melhor amigo
Ter comidas prontas ou pre-confeccionadas no congelador é uma forma inteligente de otimizar o seu tempo e de ter sempre refeições à medida de qualquer ocasião. Por isso, faça do congelador o seu grande amigo e congele tudo: legumes, frutas (que podem servir de base para gelados ou sumos), carne, grãos…

4. Cozinhe para todos
Cozinhar para toda a família é uma boa opção, já que otimiza o tempo e torna as refeições mais económicas. Tem bebés em casa? Não há qualquer problema. Até os bebés, em fase de introdução alimentar, podem comer tudo o que as outras pessoas da casa comem. Só é preciso ter cuidado com o sal. Prepare os alimentos e tempere com o sal depois, para poder retirar uma pequena porção para o bebé.

5. Lanches sim, mas mais saudáveis
A meio da manhã e da tarde é importante ter pequenos lanches. Mas estes devem ser nutricionalmente interessantes. Uma banana ou outra peça de fruta, uma cenoura ou um iogurte são boas opções. O que deve evitar são os chocolates, as gomas e outras guloseimas…

6. Evite petiscar a toda a hora
Não é saudável as crianças estarem sempre a comer e a fazer visitas ao frigorífico a toda a hora. É preciso perceber se esse comportamento se deve a fome, ao ócio ou se se trata de algum estado de ansiedade. Se isto tiver a acontecer em sua casa, comece por regularizar os horários das refeições e por fazer lanches mais substanciais.

7. Aproveite o take-away de legumes
Com as restrições à mobilidade estão a proliferar os serviços de comida take-away. Também têm surgido serviços de entrega de legumes e frutas, que proporcionam produtos frescos, de ótima qualidade, a qualquer hora ou dia da semana. Vale a pena experimentar.

8. Leve as crianças para a cozinha
Assim resolve dois problemas ao mesmo tempo: prepara a refeição e entretém a pequenada. Deixe-as cozinhar consigo. Não é preciso fazer um prato muito complexo. Por vezes, partir um ovo ou mexer na massa é o suficiente para os deixar mais felizes…e quebrar a rotina. Pode ser, também, um momento para que fiquem a saber mais sobre os alimentos.

9. Refeições à mesa, sem TV nem tablets
Agora que tem toda a família em casa – ou grande parte dela – faça as refeições à mesa e a horas certas. É uma forma de socializar, de falar sobre as receitas, o gosto de cada um, texturas, sabores e ingredientes. Mas, não se esqueça é um momento sem smartphones ou tablets. E lembre-se de dar o exemplo.

10. Mais água para todos
Beber água – pelo menos 1,5L por dia – é uma regra de ouro para qualquer pessoa e para todas as idades. Para promover esse hábito, pode deixar jarros ou garrafas de água espalhadas pela casa. Assim, não vai haver desculpa para não se beber mais água.

Partilhar em:
Tags: 
alimentação equilibrada
Comer melhor
COVID-19
quarentena

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel