Home / Artigo / Exportações de componentes teve ano recorde
Exportações de componentes teve ano recorde
27 Fev, 2020

A indústria nacional de componentes para automóveis teve, em 2019, um “recorde absoluto” de exportações, anota a Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel (AFIA), com base nos dados INE.

Os 9749 milhões de euros de exportações é uma subida de 4,2% face a 2018 e de 86% face aos 5 241 milhões de euros de exportações registadas em 2010. As exportações do setor de componentes automóveis em 2019 cresceram 4,1% para os países da União Europeia, que absorveram 90% das vendas externas do setor, e 4,3% para o resto do mundo.

Espanha, Alemanha, França e Grã-Bretanha responderam por 71% do total das exportações, tendo o maior crescimento sido registado nas vendas para Espanha (mais 9,4%, para 2 611 milhões de euros), seguida da Alemanha (mais 5,8%, para 2 058 milhões de euros) e de França (mais 1,8%, para 1 363 milhões de euros). Em sentido contrário, exportações para o Reino Unido, que somaram 852 milhões de euros, recuaram 8,9%.

A indústria de componentes automóveis representa, segundo a AFIA, 16,3% das exportações portuguesas de bens transacionáveis.

Partilhar em:
Tags: 
AFIA
Componentes
Indústria

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel