Home / Artigo / Construtores europeus “pedem” infraestruturas de carregamento
Construtores europeus “pedem” infraestruturas de carregamento
25 Abr, 2019

O cumprimento das metas de CO2 definidas pela União Europeia só será possível com um aumento considerável das estruturas públicas de carregamento de automóveis elétricos e híbridos plug-in. O aviso é da Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA).

A associação refere que no presente existem cerca de 150 mil postos de carregamento públicos para veículos elétricos na UE e que serão necessários pelo menos 2,8 milhões até 2030. Ou seja, terá de haver um aumento de quase 20 vezes nos próximos 12 anos.

“Solicitamos aos governos nacionais e políticos da UE que façam os investimentos necessários em infraestruturas para que as vendas de veículos eletricamente carregáveis possam realmente disparar na Europa”, afirma o secretário-geral da ACEA, Erik Jonnaert.

As emissões médias de CO2 dos automóveis vendidos na Europa em 2017 foram, de acordo com a Agência Europeia do Ambiente, de 118,5 g/km, valor 0,4% acima do ano anterior.

A transferência de vendas de modelos diesel para gasolina é a justificação apontada pela ACEA, o que, indicado pela associação europeia, torna ainda mais urgente a aposta na infraestruturação para veículos eletrificados.

Tags: 
ACEA
Elétricos
Emissões

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest