Home / Artigo / Loulé quer ser uma Smart City
Loulé quer ser uma Smart City
24 Jun, 2019

Um pouco por todo o país, as câmaras municipais estão a querer dar passos rumo a uma mobilidade mais inteligente.
Desta vez, as novidades chegam-nos do Algarve e do município de Loulé, uma das entidades que vai participar no projeto nacional Cooperative Streets do Instituto da Mobilidade e Transportes, inserido na Plataforma C-Roads.

O objetivo é simples: aliar as novas tecnologias à mobilidade urbana, na senda do que é o conceito das Smart Cities.

Através de um acordo celebrado no dia 6 de junho, em Eindhoven (Holanda), numa sessão promovida pela Comissão Europeia, o Instituto da Mobilidade e Transportes irá receber 32 milhões de euros para repartir entre os 22 parceiros do projeto.

A câmara municipal de Loulé, um dos parceiros desta iniciativa, irá assinar em breve um acordo com o Instituto e receber uma parte desse fundo europeu, que será investido, em estreita colaboração com a Loulé Concelho Global, na modernização, acessibilidade e digitalização da rede de transporte em Loulé e Quarteira.

O projeto Cooperative Streets pretende implementar projetos-piloto de serviços de C-ITS (Cooperative – Intelligent Transport Systems/sistemas inteligentes de transporte) em várias áreas urbanas e alimentar a rede TEN-T (Trans-European Transport Network/rede transeuropeia de transporte), complementando o âmbito do projeto C-Roads Portugal.

A segurança rodoviária, como a redução de acidentes e incidentes, a promoção da coesão, fazendo a ligação entre grandes áreas urbanas ao longo da rede principal, a promoção da descarbonização, promovendo também o uso do transporte público e as soluções de mobilidade baseadas nas necessidades individuais são alguns dos objetivos a que se propõe.

Para os responsáveis do município de Loulé, “a participação neste projeto e a implementação de medidas inovadoras ao nível da mobilidade urbana, assentes na tecnologia de ponta, também em harmonia com outras cidades europeias, é mais uma das muitas ações levadas a cabo no concelho com o objetivo de promover a descarbonização e a defesa do ambiente, sempre a pensar na qualidade de vida dos seus munícipes e das futuras gerações”.

A autarquia louletana esteve também presente no Congresso Europeu ITS 2019, o maior evento europeu dedicado à mobilidade inteligente e à digitalização dos transportes, em Eindhoven, no dia 6 de junho.

Tags: 
Digitalização
Mobilidade
Smart city

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Receba a nossa Newsletter

Receba periodicamente conteúdos sobre as tendências de mobilidade e do setor automóvel

Pin It on Pinterest